Oi! isto é

Destino Frontera

O Projeto
Destino Frontera

Destino Frontera tem como objetivo geral implementar uma estratégia de desenvolvimento turístico da fronteira hispano-portuguesa como destino único, integrado e estruturado, baseado em recursos endógenos compartilhados e na especialização inteligente da oferta, e que permita reduzir os custos de contexto, diminuir as desigualdades territoriais e promover o desenvolvimento sustentável das regiões fronteiriças. Tem como objetivo valorizar os recursos endógenos dos territórios do projeto e promover a fronteira como valor agregado e diferenciando o turismo ao longo dela.

Da mesma forma, visa, por um lado, melhorar o conhecimento das partes interessadas das regiões do projeto sobre o turismo de fronteira permitindo-lhes tomar decisões mais informadas e coerentes. Por outro lado, visa promover o desenvolvimento sustentável deste tipo de turismo através da criação das ferramentas facilitadoras da gestão eficiente do turismo fronteiriço a médio prazo; e a capacitação dos recursos humanos do setor turístico fronteiriço para sua especialização no tratamento e promoção do turismo na fronteira.

Além de que aumenta a sensibilização da população das comunidades recetoras sobre a importância do turismo em seu território e o interesse turístico que toda a frontera tem.

Atuará sobre a hélice quádruple do setor turístico: a administração poderá basear suas políticas de desenvolvimento turístico nas linhas e atuações estratégicas conjuntas definidas no plano de ação; as empresas poderão melhorar sua competitividade com produtos mais atrativos e adequados às necessidades dos consumidores; as universidades terão a disposição novos fóruns e fontes de dados e informação para produção de novo conhecimento sobre o turismo fronteiriço e a comunidade estará melhor preparada para uma receção adequada aos visitantes.

Deste modo, DESTINO_FRONTERA representará uma contribuição efetiva para o aumento da produtividade do setor turístico da fronteira.

Da mesma forma, responde ao objetivo específico da prioridade 6_C na qual se enquadra porque estabelece as linhas de atuação conjuntas que permitem valorizar os recursos endógenos compartilhados (incluindo o património natural e cultural da fronteira).

Concretamente serão valorizados recursos como: a água (mar, rio ou mineral medicinal); o património cultural e histórico (em especial o património construído e o património classificado pela UNESCO); o património eno gastronómico; e o património natural (com especial enfoque nos espaços classificados e protegidos).

Além disso todos estes recursos endógenos serão postos na rede permitindo sua gestão coordenada e a criação de uma marca turística diretamente associada à fronteira (valorizando esses recursos devido à sua condição transfronteiriça).

O DESTINO_FRONTERA propõe atuações concretas que permitem “preservar, reabilitar e valorizar a rede de património histórico e cultural [transfronteiriço] como um fator chave no fortalecimento da atividade turística”.

O carácter inovador do projeto DESTINO_FRONTERA reside no desenvolvimento do conceito de “Turismo fronteiriço” e na inclusão de todo o território da fronteira hispano-portuguesa em um único projeto no âmbito do turismo.

Por outro lado, algumas das atuações concretas também têm carácter inovador que se apresentam no projeto como:

  • O desenho de cursos de formação sobre turismo de fronteira para diferentes públicos-alvos (profissionais do setor, empresas e instituições públicas).
  • A criação de ferramentas próprias para o seguimento do turismo de fronteira.
  • A criação de uma marca própria que agregue valor e certifique a qualidade dos produtos turísticos fronteiriços.

É importante sublinhar também, que por primeira vez e através deste projeto se promove a definição e implementação de uma estratégia turística conjunta que abrange toda a fronteira hispano-portuguesa.